Buscador de Noticias Mundial. La mas completa informacion para todos los usuarios en todos los idiomas.



Supremo cria grupo para reforçar equipe e dar celeridade à Lava Jato

 

Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), e o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, decidiram criar um “grupo de assessoria especializada” para reforçar a equipe que trabalha na operação analisando as investigações.

O grupo será criado para dar prioridade e celeridade aos inquéritos e ações penais ligadas ao escândalo envolvendo a Petrobras e a Odebrecht. Os servidores que vão formar o grupo ainda não foram definidos pelos ministros.

O relator tinha cinco ações penais da operação no gabinete, no entanto, com a delação da Odebrecht, agora são 37 inquéritos em andamento. O ministro Fachin tem três juízes auxiliares para analisar todos os processos.

Os inquéritos, provas e vídeo ligados à delação foram encaminhados de volta à Procuradoria Geral da República (PGR), que decide quem deve realizar as investigações junto à Polícia Federal.

O Supremo passou a ter 113 inquéritos e mais cinco ações penais ligadas à Lava Jato, após a abertura de 76 novas investigações com base nos depoimentos de ex-executivos da Odebrecht. Os processos envolvem 195 pessoas.

Com a abertura dos inquéritos, o relator também autorizou a realização de diligências por parte dos investigadores.

FUENTE:

http://www.tribunaonline.com.br/supremo-cria-grupo-para-reforcar-equipe-e-dar-celeridade-a-lava-jato/