Buscador de Noticias Mundial. La mas completa informacion para todos los usuarios en todos los idiomas.



Fla perde e embola Grupo da Morte

Flamengo x Atlético/PR 26/04/2017

Foto: Divulgação/Flamengo

Não foi à toa que o grupo do Flamengo na Libertadores foi apelidado de Grupo da Morte. Desde o início da competição, o técnico Zé Ricardo já avisava que a definição dos classificados só ficaria para as últimas rodadas. Previsão que se confirmou na noite dessa quarta-feira (26), com a derrota do time para o Atlético/PR por 2 a 1, na Arena da Baixada, em Curitiba.

O Flamengo foi superior ao Furacão, teve mais posse de bola e criou mais chances. Porém, o Atlético/PR foi mais preciso nas finalizações e, com gols de Thiago Heleno e Felipe Gedoz, assumiu a liderança do Grupo 4.

O Furacão tem agora sete pontos, um a mais do que o Fla. Os dois times podem se classificar para as oitavas de final na próxima quarta-feira (3). Para isso, a equipe do técnico Zé Ricardo precisa vencer a Universidad Católica/CHI — terceira colocada, com cinco pontos —, no Maracanã, e torcer para que o San Lorenzo/ARG, lanterna do grupo, com quatro pontos, não derrote o Atlético/PR em Curitiba.

“A gente tem que fazer o mando de campo, pois merecemos a classificação”, analisou Zé Ricardo.

O volante Willian Arão, que fez o gol do Fla no jogo dessa quarta, classificou como triste a derrota na Arena da Baixada. Foi a segunda derrota do time na temporada — a outra foi para a Universidad Católica/CHI, também fora de casa, na segunda rodada da fase de grupos.

“Tivemos controle do jogo depois dos 15 primeiros minutos, mas infelizmente não conseguimos fazer os gols. Agora é pensar no jogo que temos em casa”.

Na primeira etapa, após um início muito ofensivo do Atlético/PR, o Flamengo partiu para cima e teve bons ataques.

Quando o jogo estava equilibrado, Muralha, adiantado, falhou e o zagueiro Thiago Heleno, de cabeça, fez 1 a 0 para o Atlético/PR.

No segundo tempo só deu Fla, que acertou a trave com Damião. Mas, novamente, quem balançou as redes foi o Furacão, aos 42, com Felipe Gedoz.

Dois minutos depois, Arão descontou, mas a reação parou aí.

FUENTE:

http://www.tribunaonline.com.br/fla-perde-e-embola-grupo-da-morte/