Buscador de Noticias Mundial. La mas completa informacion para todos los usuarios en todos los idiomas.



Carreta de acidente na BR-101 foi alterada

A carreta envolvida no acidente ocorrido em 22 de junho na BR-101, em Guarapari, foi modificada e apresentava problemas. A falta de condições do veículo e o fato do motorista ter utilizado cocaína e rebite antes do acidente foram divulgados nesta segunda-feira (3) em coletiva da Polícia Civil.

Após o acidente, já haviam sido identificados alguns erros no veículo, como pneus e freios danificados, e excesso de peso da carga. Nesta segunda, o engenheiro mecânico e perito criminal da Polícia Civil, Marcus Bhering Bragança, destacou que a estrutura da carreta foi alterada de forma irregular. “O caminhão foi adulterado para carregar mais peso sem chamar atenção. Existiam soldas mal feitas para ligação de semirreboques, e no sistema de freio traseiro tinha uma “gambiarra”. As condições do veículo eram as piores possíveis”, afirmou.

O perito prepara o laudo sobre as condições mecânicas do veículo. No laudo preliminar, Bragança destaca que o veículo ainda estava sem o Certificado de Segurança Veicular, documento emitido pelo Detran quando o veículo passa por alguma alteração de estrutura. “Ou seja, todas as adulterações foram irregulares. Não houve autorização e avaliação do Detran no Veículo”.

A Polícia Civil não conseguiu identificar a velocidade em que a carreta estava no momento do acidente. Segundo o perito, o tacógrafo, equipamento que realiza a medição da velocidade, foi retirado do veículo pela Polícia Rodoviária Federal (PRF-ES). “De qualquer forma, o aparelho não tinha sido registrado e não tinha os selos necessários por parte do Detran, mais uma irregularidade da carreta”, concluiu.

Outra irregularidade identificada pela Polícia Civil é que o motorista não tinha curso específico do Detran para carregar este tipo de carga.

 

Com informações de Milena Martins

FUENTE:

http://www.tribunaonline.com.br/carreta-de-acidente-na-br-101-foi-alterada/